A posição do bebê é importante durante a gravidez?

A gravidez é sem dúvida o momento mais alegre para uma mulher, mas também pode ser um momento de extrema curiosidade e de muito estresse e ansiedade. Enquanto você está esperando um bebê, a mentalidade da mulher está em um estado de caos total e muitas perguntas e dúvidas passam por sua mente.

O mais importante é qual deve ser a posição ideal do seu bebê durante o parto. Idealmente, é dito que os partos são mais fáceis quando o bebê está em uma posição particular na zona da pélvis antes do nascimento e, idealmente, quando a cabeça do bebê está apontando para baixo. No entanto, compreender as diferentes maneiras como o bebê se posiciona no útero ajudará a esclarecer muitas das suas dúvidas.

posição do bebê durante a gravidez



Ver mais: Contrações na gravidez

1. A posição anterior:

A posição anterior é considerada a melhor posição para o bebê, pois resulta em partos mais fáceis. A posição é que a cabeça do bebê está voltada para baixo e a parte de trás da cabeça está situada um pouco na frente de sua barriga. Esta posição torna o parto curto e fácil para você. Nesta posição, o bebê fica um pouco dentro da sua pelve. A posição pode ser amplamente entendida como a posição em que o bebê pode flexionar o pescoço com facilidade e enfiar o queixo no peito. Nesta posição, a parte mais estreita da cabeça pressiona o colo do útero, o que facilita o parto.

A parte mais estreita da cabeça pressiona o colo do útero, o que ajuda durante o parto. Quando o bebê entra na pelve durante o nascimento, esta posição anterior do bebê torna mais fácil para ele descer suavemente.

Na maioria dos casos, os bebês ficam nessa posição.

2. Posição posterior do occipício:

Nesse caso, o bebê é posicionado de forma que suas costas fiquem voltadas para você. Esta posição, comumente chamada de OP, também é conhecida como posição do bebê 'costas com costas'.

Uma grande desvantagem desta posição é que o trabalho de parto, neste caso, pode demorar mais do que o normal. Isso ocorre principalmente porque seu filho está deitado confortavelmente e não consegue empurrar o queixo e enfiá-lo no peito. Isso torna a posição incômoda e causa dores nas costas durante o trabalho de parto.

As principais razões pelas quais seu bebê muda da posição tradicional são: -

Ver mais: Doença matinal da gravidez

uma. Forma e tipo de pelve:

Se a forma pélvica for desviada do arredondamento normal, é provável que seu filho se acomode na ampla área da pelve que permite que a cabeça se encaixe facilmente.

b. Estilo de vida:

Muitos movimentos podem fazer com que sua pelve se incline para trás, levando seu filho a uma posição estranha.

Para evitar o mesmo, é importante fazer atividades físicas e malhar, ainda que com o consentimento do seu médico. Incentive-se a se sentir mais motivado para dar à luz uma criança saudável e não haverá obstáculos. A posição de como seu filho nasce é importante, no entanto, garantir sua segurança levando o estilo de vida correto não é muito difícil.

Ver mais: Testes de gravidez em Dollar Store

Podemos certamente esperar que as dicas listadas esclareçam a maioria das suas dúvidas sobre a posição do seu filho durante o parto e se ela é importante. Fale com o seu ginecologista antes de se entregar a qualquer atividade que envolva muito movimento, incluindo exercícios, pois eles podem afetar a forma como seu filho é colocado no útero.