Benefícios para a saúde de comer romã durante a gravidez

Durante a gravidez, a pessoa está constantemente à caça de produtos que sejam saudáveis ​​e nutritivos e, ao mesmo tempo, possam satisfazer suas papilas gustativas. A romã é um desses superalimentos que é muito suculento e saboroso e ao mesmo tempo muito saudável para a gravidez. Adicionar anar no primeiro trimestre da gravidez é uma ótima maneira de estabelecer uma referência para as necessidades nutricionais durante a gravidez. Vamos ver os benefícios de comer romã durante a gravidez e como a mesma pode ser incluída em sua dieta de gravidez.

romã durante a gravidez

A gravidez é a fase mais especial da vida de uma pessoa. No entanto, também é muito perigoso. Você precisa ser extremamente cauteloso sobre o que consome e como trata seu corpo, porque agora você tem mais do que apenas você em que pensar. A comida que você consome deve ser muito saudável. A fruta é um excelente produto para consumir durante a gravidez. Aqui estão 15 razões pelas quais você deve consumir romãs durante a gravidez.



A romã é uma fruta maravilhosa com uma cor super avermelhada. Dentro da camada de casca grossa, sementes de tamanhos muito pequenos estão presentes em grande número. Os benefícios são bem conhecidos há muito tempo e são tradicionalmente usados ​​como suplemento de saúde em alimentos. É uma fruta importante para as pessoas comuns e também para as mulheres grávidas, pois nos fornece os nutrientes essenciais. É mais famoso por seu poderoso antioxidante, que é ainda mais eficaz do que outros antioxidantes em alimentos naturais.

Ver mais: Comer abacaxi durante a gravidez

É seguro comer romã durante a gravidez:

A romã é uma ótima fruta com muitos benefícios nutricionais. A pesquisa mostrou que comer romã durante a gravidez não é apenas seguro, mas também benéfico. Tomar suco de romã durante a gravidez pode prevenir pré-eclâmpsia, parto prematuro e restrição de crescimento. Portanto, da próxima vez, se você se perguntar se pode comer romã durante a gravidez, a resposta é um grande SIM.

Fatos nutricionais da romã durante a gravidez:

A seguir estão os dados nutricionais de 1 tigela de sementes de romã consumida durante a gravidez

Valor nutricional

  • Calorias 144
  • Açúcar 24g
  • Fibras 7g
  • Proteínas 3g
  • Vitamina C 30%
  • Vitamina K 36%
  • Folato 16%
  • Potássio 12%

Nota: O valor percentual é baseado no RDI

A romã é boa para a gravidez?

Sempre que você perguntar ao seu médico ou nutricionista se você pode comer romã durante a gravidez, a maioria deles dirá que sim e pedirá que a inclua em sua dieta para gravidez. Não há evidências comprovadas de qualquer efeito prejudicial da romã durante a gravidez. Tem muitos benefícios associados a isso, tornando-se uma boa escolha durante a gravidez. A seguir estão as várias vantagens de comer romã durante a gravidez.

Benefícios da romã na gravidez:

1. Mantém a pressão arterial sob controle:

A romã contém vários produtos químicos e elementos importantes que ajudam a reduzir a pressão arterial. A romã, em geral, é uma fruta extremamente benéfica para o coração. Isso é relevante para mulheres grávidas porque elas geralmente sofrem de uma condição chamada pré-eclâmpsia. Esta doença resulta em níveis elevados de pressão arterial. Incluir romã em sua dieta diária ajudará a manter a pressão arterial sob controle e a prevenir a pré-eclâmpsia.

2. Rica fonte de vitamina C:

As romãs são fontes ricas em vitamina C. A vitamina C fornece uma grande ajuda para estimular o sistema imunológico. Esta função das romãs é de extrema importância durante a gravidez. Um forte sistema imunológico ajuda a mãe a cuidar melhor de si mesma e também do filho. Além disso, a vitamina C é extremamente importante durante a gravidez para o desenvolvimento dos ossos do bebê.

3. Presença de antioxidantes:

Os antioxidantes presentes na romã regeneram as células do nosso corpo e ajudam o nosso corpo a usar mais oxigênio e, assim, regula todas as funções do nosso corpo. Isso nos torna mais saudáveis ​​e mais jovens. As romãs são uma fonte rica em antioxidantes e, portanto, excelentes para a mãe e a criança.

4. Melhora a densidade óssea da criança:

As romãs têm um efeito benéfico no desenvolvimento ósseo do bebê. A ingestão desta fruta melhora não só a densidade óssea da mãe grávida, mas também a do bebê.

5. A pele parece limpa e clara:

A gravidez deve dar-lhe aquele brilho natural, o que a deixa bonita mesmo quando se sente inchada e enorme. No entanto, junto com esse brilho, a gravidez também traz muitos problemas de pele, como acne, erupções cutâneas e assim por diante. A romã ajuda você a combater tudo isso.

6. Propriedades antibacterianas:

Romãs são úteis no tratamento de infecções de vários tipos. Assim, seu consumo durante a gravidez ajuda a proteger a mãe e o bebê de germes externos! Na verdade, as romãs são usadas para evitar infecções desde os tempos antigos. Suas propriedades médicas eram apreciadas até pelos egípcios!

Ver mais: Uso de óleo de rícino na gravidez

7. Rico em fibras:

Romãs têm muito conteúdo fibroso. Um dos maiores problemas enfrentados pelas mulheres grávidas é a constipação. Por alguma razão, carregar outro ser humano dentro de você atrapalha o funcionamento do intestino. Ao ingerir uma quantidade suficiente de fibras, pode-se lidar consideravelmente com o problema da prisão de ventre durante a gravidez, e é aí que as romãs ajudam.

8. Ferro:

A deficiência deste mineral em particular causa uma série de problemas para as mães grávidas. Em primeiro lugar, as chances de dar à luz seu bebê antes da data prevista aumentam. Em segundo lugar, o bebê torna-se fraco após o nascimento e, freqüentemente, sua própria existência é ameaçada. Por essas e outras razões, os médicos geralmente pedem às mulheres grávidas que tomem suplementos de ferro. A romã é uma fonte rica em ferro e por isso deve ser consumida em boas quantidades.

9. Proteção do tecido cerebral:

Romãs também são benéficas para o desenvolvimento do tecido cerebral do bebê. Um estudo recente conduzido por biólogos mostrou que o consumo de romã ajuda a proteger o tecido cerebral do bebê de qualquer dano devido à redução do suprimento de oxigênio.

10. Reduza as chances de doença cardíaca:

Os antioxidantes presentes nas romãs são muito úteis na redução de doenças cardíacas. Ele reduz o risco de ataque cardíaco e diminui o nível de colesterol ruim no sangue, o que é realmente benéfico para mulheres grávidas e também para o feto. O fluxo sanguíneo no corpo é mantido, o que também beneficia os outros órgãos da gestante e, por sua vez, melhora o estado de saúde do bebê também. A romã também reduz a coagulação do sangue e limpa as artérias. O coração é um órgão crucial do corpo e, para as mulheres grávidas, todas essas coisas são muito importantes para o bem-estar da mãe e do bebê.

11. Ajuda a combater a infecção:

A romã ajuda a combater microorganismos nocivos, altamente essenciais para o bem-estar da mãe e do bebê. É rico em vitaminas e antioxidantes que protegem contra infecções bacterianas e fúngicas. Esses são problemas muito comuns dos quais precisamos cuidar. Qualquer problema de saúde em mulheres grávidas afetaria diretamente o estado de saúde do bebê. Os componentes nutritivos da romã ajudam a lutar contra infecções comuns. A propriedade antiinflamatória da romã reduz o risco de câncer, doenças cardíacas e também diabetes.

12. Rico em vários nutrientes:

A romã é rica em vitaminas como vitamina C e K, minerais como ferro, potássio, fibras e outros componentes como o folato. Todos esses componentes são essenciais para o equilíbrio corporal em pessoas normais, mas para mulheres grávidas, são muito importantes para melhorar a condição de saúde do bebê. Também é usado em vários produtos para a pele, e essa substância natural não tem efeito colateral em bebês. Este poderoso composto vegetal consiste em nutrientes que também têm vários usos médicos. Ele contém um ácido graxo chamado ácido púnico, que é altamente benéfico para melhorar a textura da pele e do cabelo e tem um poderoso antioxidante chamado punicalagina, que é mais poderoso do que os antioxidantes em uvas e chás verdes.

13. É um impulsionador da memória:

Os déficits de memória são devidos à falta de nutrientes no corpo, que precisam ser compensados ​​com o consumo de um produto nutritivo. A romã é a substância natural que ajuda a melhorar a memória e ajuda a combater doenças como o mal de Alzheimer. Ele basicamente pode impulsionar as células cerebrais e melhorar a condição de memória, tanto para a memória visual quanto para a verbal.

14. Melhora o sistema imunológico:

A romã ajuda a proteger o corpo de quaisquer doenças que podem ser nominais ou graves. Isso é necessário para mulheres grávidas durante a gravidez para cuidar do bebê. Se o sistema imunológico da mãe for forte o suficiente, isso não afetará ninguém. A condição do corpo durante esses meses é bastante delicada, por isso precisa de cuidados especiais, e o corpo fica afetado ao mínimo, portanto, para prevenir essa condição, o consumo de romã é necessário.

15. Mantenha o nível de açúcar no sangue:

A ingestão regular de suco de romã é benéfica para pacientes diabéticos. Portanto, uma mãe grávida precisa lidar com vários problemas para proteger o bebê de problemas de saúde. A romã ajuda a manter o nível de açúcar no sangue, embora seja constituída por frutose.

16. Rica fonte de potássio:

O potássio é um mineral extremamente importante durante a gravidez. Incluir um copo de suco de romã em sua ingestão diária pode ajudá-lo a lidar com cólicas relacionadas à gravidez, que são principalmente causadas por deficiência de potássio.

Riscos de comer romã durante a gravidez:

A romã é justamente considerada um símbolo de fertilidade e previne qualquer infecção relacionada à gravidez. No entanto, isso não significa que não tenha um lado mais sombrio associado a ele. A seguir estão alguns riscos associados ao comer romã durante a gravidez:

Não é adequado para mulheres grávidas que já tomam medicamentos

  • A gravidez deve ser gratuita. No entanto, algumas mulheres podem estar tomando medicamentos para diluir o sangue ou manter a hipertensão sob controle e apoiar uma gravidez saudável. Comer romã por essas mulheres durante a gravidez pode complicar as coisas.

Calorias Superiores

  • A contagem de calorias da romã está em um lado superior. Portanto, consumir muito romã durante a gravidez pode levar a um ganho de peso excessivo.

Extrato de romã é prejudicial

  • Uma mulher grávida deve evitar o extrato de romã em todas as circunstâncias. Isso ocorre porque o extrato de romã é feito sem separar a casca da fruta e o consumo de casca de romã durante a gravidez pode levar a contrações prematuras que não são seguras para a gravidez.

romã durante a gravidez

Como adicionar romã na dieta da gravidez?

A seguir estão as várias maneiras pelas quais você pode incluir romã em sua dieta de gravidez:

  • Mastigar as sementes de romã pode complementar um café da manhã saudável durante a gravidez.
  • Para o comedor de carne, você pode realçar o sabor do seu prato guarnecendo com sementes de romã e folhas de hortelã.
  • O suco de romã é um recheio saudável no meio da refeição.
  • Você pode adicionar algumas sementes de romã até mesmo em milkshakes e smoothies para ajustar seu sabor.
  • Para quem adora comer sobremesas e saladas de frutas, adicionar sementes de romã ao prato pode melhorar muito o sabor.

Dicas de uso de romã durante a gravidez:

A romã é um superalimento. Ainda assim, é preciso ter cuidado ao adicioná-lo à dieta da gravidez. A seguir estão algumas dicas para consumir romã:

  • Em vez de comprar as caixas de suco de romã do mercado, compre a fruta da romã e prepare seu suco em casa. Isso garantirá que o suco seja feito com sementes de romã de boa qualidade e também evitará que você consuma quaisquer conservantes adicionados na caixa embalada.
  • Quando for comprar romãs, escolha as que são mais pesadas e de cobertura mais fina. Isso garantiria que você pudesse obter o máximo de sementes dele.

Suco de romã durante a gravidez:

O suco de anarkali é um dos sucos mais recomendados durante a gravidez. É fácil e rápido de consumir e pode complementar bem o seu pequeno-almoço ou lanche a meio da refeição. O suco de romã é naturalmente doce, e você não precisa adicionar nenhum açúcar externamente a ele, e assim você pode satisfazer sua vontade de comer doces sem ganhar quilos extras. A seguir estão os vários benefícios de beber o suco de Anarkali durante a gravidez.

Ver mais: Benefícios da Amla durante a gravidez

Benefícios do suco de romã durante a gravidez:

  • Um copo de suco de romã contém até 150 calorias. Assim, ao incluir um copo de suco de romã, você pode facilmente atender à necessidade de ingestão diária de calorias.
  • Alternar o suco de romã com água irá mantê-lo hidratado e energizado.
  • O suco de romã pode satisfazer mais de 25% das necessidades diárias de vitamina K.
  • Com os inúmeros nutrientes saudáveis ​​incluídos nele, o suco de romã pode lidar facilmente com a maioria das complicações da gravidez.

A romã, portanto, pode ser considerada um superalimento para a gravidez. Tem inúmeros benefícios, mas, ao mesmo tempo, não se deve consumir excessivamente romãs durante a gravidez. Para uma gravidez saudável, a moderação é a chave. Romã, por mais saudável que seja, deve ser consumida com moderação para colher seus benefícios máximos.

Perguntas e respostas mais frequentes:

Q1: O consumo de romã durante a gravidez pode dar a você um bebê justo?

Anos:É um mito que a cor da pele do bebê depende da comida que você ingere. A cor da pele do bebê é determinada pelos genes, e a comida não desempenha nenhum papel nela. Portanto, consumir romãs durante a gravidez não pode dar a você um bebê justo, mas certamente lhe dará um bebê saudável.

Q2: Beber chá de romã durante a gravidez - seguro ou não?

Anos:Você pode adicionar sabor ao seu chá normal adicionando uma certa quantidade de suco de romã nele. Isso aumentará o sabor do chá e, ao mesmo tempo, ajudará você a colher os benefícios do suco de romã. É absolutamente seguro consumir chá de romã durante a gravidez.

Q3: Comer romã no início da gravidez - seguro ou não?

Anos:Ao comer romã no início da gravidez, pode-se reduzir o risco de problemas placentários. A romã durante o segundo trimestre da gravidez ajuda no ganho de peso saudável do bebê. Enquanto a romã durante a gravidez, o terceiro trimestre evita o risco de parto prematuro. Além disso, há vários outros benefícios em consumir romã durante a gravidez, e é absolutamente seguro consumi-la no início da gravidez.